quinta-feira, 25 de setembro de 2014

permita

se for pra escrever
por dentro de você
escolha as rimas
esconda-as à mercê da sorte grande
de ferver o próprio sangue
a correr feito escola de samba
um grito do ipiranga
de efeito bumerangue

permita
que eu invada teu bunker
se for pra escrever
por dentro de você.

terça-feira, 23 de setembro de 2014

brotou

quase sem querer
vi que já brotou
mais um bem me quer
no meu coração
por essa mulher
venha o que vier
quero seu querer
ser o melhor homem
que o sol quiser
somente o ser
que mais a amou.


imenso

por mais que pareça tenso
ralo
talo
ou denso
é só pensamento
imerso em incenso, lágrima e lenço. 

fresta

ornada de falésias
vestida de fresta
por entre duas pernas
uma festa.